Ativismo digital cresce no Brasil

A décima quarta edição da pesquisa F/Radar, realizada pela F/Nazca com o apoio operacional do Datafolha, revela que desde 2011 o envolvimento dos brasileiros com mobilizações via internet saltou de 16% para 26% dos internautas.

De acordo com o estudo, mais da metade dos 93 milhões de internautas brasileiros (54%) já ficou sabendo de algum movimento social pela internet. Entre eles, a maior parte (70%) tomou conhecimento a partir das redes sociais, mais relevantes do que todos os demais meios digitais, inclusive sites de jornalismo.

O levantamento aponta as redes sociais não somente como fonte de informação recorrente, mas também altamente confiável. Segundo metade dos internautas (51%), sites como Facebook, Google+, Instagram e Twitter contribuem para a mudança de opinião a respeito de algum problema coletivo.

“Os números comprovam um fato tecnológico: as redes sociais vêm potencializando a capacidade de articulação da sociedade civil. Mais do que ter partido, as pessoas estão cada vez mais tomando partido pela internet, o que gera enormes impactos na forma de atuação de empresas e governos”, reflete José Porto, diretor nacional de planejamento da F/Nazca.

A pesquisa F/Radar é realizada desde 2007. Na edição deste ano foram feitas 2,6 mil entrevistas em 144 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%. O desenho amostral foi elaborado com base em informações do Censo 2010 e estimativas 2013 do IBGE.

as-mudanas-na-comunicao-e-o-ativismo-digital-12-728

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s