Eventos de relacionamento ajudam na construção de redes de alto valor – Por José Jarbas

Qualquer pessoa que busque “eventos de networking” no Google não encontrará dados numéricos que dimensionem o quanto esta tática de relações públicas é difundida em quase todas (se não todas) as culturas mundo afora. Eu pelo menos não achei nada expressivo. O que impressiona, entretanto, é a quantidade de artigos, textos e informações que dão dicas sobre como ser bem sucedido em eventos desta natureza, desde regras do que não fazer a detalhes importantes para garantir a organização de um evento memorável.

social-networking

Fato é que ainda que o ambiente digital tenha aproximado pessoas de diversos lugares do mundo, e possibilitado que interesseiros e interessados se encontrem em conversas, cursos e encontros para os mais diferentes fins, eventos presenciais ainda são extremamente importantes tanto para quem está começando quanto para quem já surfou diversas ondas on e offline.

Construir uma rede de contatos profissionais é um dos recursos mais importantes que uma pessoa pode desenvolver. Claro que, hoje em dia, sistemas como o LinkedIn nos ajudam a organizar, gerenciar e armazenar tudo o que antes ficava guardado em porta cartões, mas para quem não sabe usufruir das redes sociais, o incrível LinkedIn acaba não sendo mais do que um banco de dados. Networking, como qualquer negócio, deve ser orgânico, vivo e dinâmico; deve constituir alianças estratégicas em um fluxo contínuo e bidirecional. Algumas consultorias consideram que networkings sejam redes de apoio, eu as considero redes de alto valor.

science-of-networking

Antes declarado pejorativo, o QI (quem indica) é hoje tão bem-visto dentro das empresas, que muitas estão dando prioridade às recomendações dos seus funcionários, oferecendo, inclusive, bônus àqueles que fizerem indicações bem-sucedidas. Entre colegas de faculdade e pós-graduação, membros de grupos de estudos e amigos de infância, muitas recomendações são fruto de eventos de relacionamento. E exatamente por isso as organizações incentivam que seus colaboradores participem de encontros de networking, uma prática que além de ajudar a empresa a crescer, faz com que todos saiam ganhando.

A disponibilidade de tempo, entretanto, é um fator impeditivo para muitos profissionais. Exatamente por isso, dentre as modalidades de eventos de networking a que mais tem crescido é o meet up, encontros informais que são praxe no Vale do Silício, por exemplo. Há, inclusive, uma rede social homônima com o mesmo intuito: estimular e revitalizar o encontro de pessoas e/ou grupos em torno de um assunto comum.

Ainda que muitos dos grupos e encontros promovidos na rede social ainda sejam atividades locais, alguns, como o Social Day, possibilitam que pessoas de outras cidades ou mesmo países participem ativamente da discussão por meio da exibição livestream ou hangouts, como está previsto para a edição deste ano do evento.

Independentemente da plataforma utilizada, a possibilidade de compartilhar conhecimento e criar um novo círculo de potenciais amigos, clientes, funcionários ou parceiros de negócios é imensa. Afinal, tal como ocorre em ambientes digitais, relacionamentos estratégicos se tornaram a base do sucesso dos negócios. E o debate, um dos verdadeiros propulsores da inovação e da criação de valor, deve ser sempre estimulado por meio dessas redes, fomentado dentro de cada grupo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s