Sebrae-SP lista acertos e erros para empresas nas redes sociais

Sebrae-SP orienta pequenos negócios a usarem a internet para promoverem sua marca de forma positiva

facebook-like-image_large

A internet está ao alcance de todos e é uma ferramenta eficiente e barata para divulgar os micro e pequenos negócios. Estar em um ambiente digital, principalmente em páginas de relacionamento como Facebook, Twitter e Instagram, pode ser uma poderosa forma das empresas aparecerem, aproximar-se dos clientes e ainda conquistarem novos.

As redes sociais influenciam no comportamento da população, encurtam distâncias, conectam pessoas rapidamente e em larga escala e disseminam opiniões de forma amplificada. Mas, para garantir o sucesso da estratégia, o empresário precisa evitar deslizes. O risco está no mau uso que pode prejudicar a imagem da marca.

Antes de criar uma página o empreendedor precisa pensar: Quem vai alimentar o conteúdo? Tem gente na equipe qualificada para fazer esse serviço?

Bruno Caetano, diretor superintende do Sebrae-SP diz que para um resultado eficiente na web é preciso ter alguém com tato e agilidade para postar conteúdo que desperte a atenção de quem navega pela internet e também precisa ter muito jogo de cintura para responder rapidamente críticas e reclamações. A empresa deve entrar de forma profissional, o contrário irá prejudicar sua imagem.

Sucesso nas redes 
• Antes de entrar nas redes sociais, conheça as ferramentas e o público que deseja se comunicar;
• Trace metas ligadas ao negócio e a essas mídias;
• Estabeleça a mesma identidade que já utiliza no “mundo off-line”. É preciso ter coerência na comunicação. O estabelecimento é conservador. Ok! Siga essa mesma linguagem na web.;
• O trabalho é contínuo, requer dedicação e atualização constante, tanto da forma quanto do conteúdo;
• Desperte a atenção do internauta. Ofereça conteúdo sobre o que a sua empresa vende e também sobre o universo que ela pertence, como bem-estar, viagens, gastronomia e vestuário;
• Destaque os lançamentos;
• Fale sobre tendências;
• Proponha enquetes e emita opiniões;
• Compartilhar vídeos que faça parte do universo do seu freguês;
• Desperte a vontade das pessoas interagirem. Abra espaço para que postem fotos e marquem o seu estabelecimento, por exemplo. Essa ação será vista pelos amigos do seu cliente e poderá tornar-se viral;
• Esteja preparado para receber críticas. Esse canal também funciona como SAC;
• Aceite as críticas. Elas são um excelente termômetro para medir a aceitação do seu produto.

Erros 
• Falar mal da concorrência;
• Não ouvir o cliente;
• Deixar o perfil às moscas, sem atualização;
• Não acompanhar o que as outras empresas estão fazendo;
• Sair compartilhando, dando RT ou respondendo questionamentos antes de entender a atmosfera da mensagem;
• Escrever qualquer coisa sem revisão;
• Bombardear os clientes apenas com informações institucionais e se autopromover o tempo todo;
• Deixar de observar como sua marca está repercutindo nas redes sociais;
• Transformar a fanpage do seu negócio em um gigante catálogo digital. É mais interessante uma loja que dá dicas de como se vestir do que aquela que só posta fotos da nova coleção, por exemplo;
• Comentar sobre política e religião;
• Ficar preso ao número de seguidores. Ter muita gente fora do público-alvo não vai trazer mais negócios à empresa;
• Misturar a página da empresa com a pessoal;
• Transformar o espaço em um bate boca aberto a todos. O aconselhado é sempre levar a reclamação ou discussão para uma conversa fechada por e-mail ou telefone.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s