Dicas práticas essenciais para se comunicar bem no ambiente corporativo

Muito se fala sobre a necessidade de desenvolver uma boa comunicação no ambiente corporativo. Mas como fazer isso de forma eficaz? Quais as ferramentas eficientes nesse processo?

“Os conhecimentos no campo da comunicação muitas vezes são negligenciados. Em todo o processo acontecem falhas na circulação de informações que afetam o trabalho, o clima das empresas, a qualidade da produção e o atendimento. As disfunções da comunicação, os chamados “ruídos”, podem afetar a entrega de produtos, relacionamento com o público final e a carreira profissional”, explica o autor. “Muitas coisas parecem óbvias, mas exatamente por isso são ignoradas”, ressalta.

Abaixo, trechos do livro em que o autor aponta dicas essenciais para conduzir e manter uma comunicação eficiente no ambiente corporativo:

1) “Comunicação “cara a cara”: A comunicação “cara a cara” é o sistema mais rico e eficaz que existe. A comunicação direta tem a capacidade de agregar um conjunto de informações verbais e não verbais que enriquecem a troca de mensagens. Quando não nos permitimos vivenciar essa experiência, privamo-nos daquele intercâmbio vivo e direto que enriquece as relações entre as pessoas e que caracteriza de forma tão singular a cultura brasileira”.

2) “O corpo diz mais do que a fala: Pesquisa do laboratório de psicologia da Universidade da Califórnia (Ucla) confirma que a comunicação humana face a face possui a seguinte composição: 55% são não verbais, 38% acontecem pelo tom de voz e 7% são verbais. Explorar as três esferas da comunicação aumenta a possibilidade de sermos bem-sucedidos e compreendidos em nossas mensagens. O alinhamento das palavras, o tom de voz e a gestualidade neutralizam ruídos de informação, expressam com clareza a intenção do emissor e colaboram para estreitar relações e parcerias com diversos interlocutores.”

3) “Aprenda a ouvir: Atualmente, a “arte de ouvir” é rara entre as pessoas. Na ansiedade por expressarmos nossos pontos de vista, esquecemos que do “outro lado da linha” existe alguém que precisa e quer ser ouvido. Durante uma conversa, quando você se silencia e escuta o outro de maneira focada, envia uma mensagem que é interpretada positivamente pelo receptor.”

4) “Feedback: Um bom comunicador é aquele que fica atento às reações dos receptores e vai ajustando a mensagem de acordo com a resposta dos destinatários. Estamos falando de um processo chamado “feedback”. O grande drama da comunicação corporativa acontece pelo fato de as pessoas não saberem dar e receber feedback. São milhares de e-mails não respondidos, uma série de ligações telefônicas sem retorno e um desagradável silêncio do “outro lado da linha”, deixando o interlocutor sem parâmetros se a mensagem foi recebida de forma satisfatória.”

5) “Suas mensagens são sua marca: A maneira de nos expressar verbalmente e gestualmente é a nossa “cara”, como um “cartão de visitas” profissional que integra o nosso marketing pessoal. Cada profissão exige uma postura e um código de comunicação. É importante estarmos atentos aos códigos que nos rodeiam para interagirmos com sucesso com nossos interlocutores. A qualidade das mensagens que você envia colabora para valorizar sua marca.”

SERVIÇO
Livro: Dicas Práticas de Comunicação: Boas Ideias para os Relacionamentos e os Negócios
Autor: Marcos Gross Sharf
Trevisan Editora

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s