Brasil pode ser o primeiro país a oferecer geolocalização interna em uma Copa do Mundo de Futebol

Com a proximidade da Copa do Mundo de 2014, as 12 cidades-sede estão correndo contra o relógio para oferecer infraestrutura digna de um evento deste porte. Com tempo curto e muitas obras em estágio pouco avançado, faz-se necessária a busca de soluções inovadoras, simples e eficientes para que o país seja de fato um bom anfitrião. Um novo sistema de geolocalização interno chega ao mercado brasileiro como um importante recurso para facilitar a vida dos torcedores e milhares de turistas que circularão pelos estádios.

Aplicativo MapMkt_geolocalizacao

O produto foi apresentado pela primeira vez no durante a Expo Estádio, feira de negócios especializada em eventos esportivos que aconteceu entre os dias 21 e 23 de novembro em São Paulo. Seu sistema consiste em reproduzir no plano virtual, com impressionante riqueza de detalhes, o mapeamento de qualquer ambiente indoor. A partir deste mapa, o usuário consegue fazer uma visita prévia ao local que deseja visitar e, dessa forma, otimizar seu tempo. Com essa ferramenta, o torcedor poderia saber, por exemplo, qual o percurso correto para chegar ao respectivo portão de embarque ou desembarque no aeroporto ou qual portão de acesso do estádio está mais próximo ao seu assento, evitando filas, tumultos e caminhadas desnecessários.

Na Europa, o geolocalizador já é utilizado em diversos aeroportos e shoppings. A perspectiva é que nos próximos anos, 85% dos sistemas de navegação sejam representados por smartphones e até 2014 serão 800 milhões de novos aparelhos em circulação pelo mundo, segundo pesquisa realizada pela Ptolemus Consulting Group.

Como o sistema opera no próprio aplicativo da empresa que contrata o serviço, o usuário só precisa estar conectado no momento de fazer o download. Depois disso não é necessário nenhum tipo de sinal de internet ou sistema de GPS, o que facilita muito a operabilidade: “O geolocalizador oferece visão 3D e rotatividade de tela de 360°. A partir da busca do usuário, o sistema traça uma rota a ser seguida para que não haja perda de tempo para se chegar ao destino desejado”, diz Paulo Hartmann, diretor-executivo da MapMkt.

A Copa de 2014 representa um marco de quando os velhos estádios brasileiros se tornarão arenas multiuso confortáveis e modernas, respeitando o padrão exigido pela Fifa. Ainda segundo Hartmann, “os estádios estarão equipados com o que há de mais novo em tecnologia de som, iluminação e imagem. São verdadeiros espaços multimídia onde a utilização da geolocalização interna mostraria ao mundo o espírito vanguardista brasileiro em ser o primeiro país a utilizar essa tecnologia numa Copa do Mundo”.

Anúncios

Um comentário sobre “Brasil pode ser o primeiro país a oferecer geolocalização interna em uma Copa do Mundo de Futebol

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s